spot_img
sábado, janeiro 28, 2023

Exposição “OCEE – Omolu | A Cura” entra em exibição no MUHCAB

Date:

Mostra fotográfica reúne registros da arte de terreiro no único Museu Afro do Rio de Janeiro

Inspirado na terceira edição do espetáculo “OCEE – Orixá, Cultura, Evolução e Essência”, a exposição OCEE – Omolu | A Cura reúne no MUHCAB, Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira, 15 fotografias de Bendito Benedito, que registram a arte de terreiro de uma iniciação para o santo Omolu dentro do Candomblé (Nação Angola). É o sagrado sob as lentes da produção cultural de forma respeitosa em prol ao combate à intolerância religiosa.

A exposição também conta com uma produção de cenografia com elementos de artes visuais que remetem à divindade Omolu e as características do seu culto e uma produção audiovisual em formato de mini documentário com a equipe envolvida no projeto: a Tatiana Sillva, produção de cenografia, Mameto Verônica Ria Ndandalunda, o Diretor de Teatro Hudson Batista, o cinegrafista Reinaldo Santana, e Bendito Benedito, autor das imagens produzidas para exposição. 

A curadoria é de Robson de  Paula, mais conhecido como Tata Agionà Ria Nkasuté, que também é pesquisador e ogã dentro das religiões de matrizes africanas, atuando como curador também nas edições anteriores do projeto OCEE e com importante contribuição para a cultura afro com seu conhecimento há mais de três décadas. 

A exposição é uma realização da Sanuto Produções, empresa de produção cultural com vasta experiência em diversos segmentos. Para a produtora Emanuele Sanuto, a obra de Bendito Benedito conta a arte de terreiro de uma forma especial: 

“As imagens conseguem demonstrar a energia de um momento importante para os adeptos da religião de matriz africana e para os não adeptos. Provam que a religião não age como os preconceituosos pregam. Com isso, geramos a curiosidade para que o público queira saber mais sobre a cultura afro religiosa”, enfatiza.

OCEE – Omolu | A Cura fica em exibição de 12 de janeiro a 11 de fevereiro no MUHCAB, Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira, que fica localizado na Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa. O espaço fica aberto de quinta a sábado, das 10h às 17h, com visita guiada aos sábados. A entrada é gratuita, pede-se apenas 1 kilo de alimento não perecível, se possível, para as ações sociais do projeto. A classificação é livre. 

Serviço:

Exposição: OCEE – Omolu | A Cura

Local: MUHCAB, Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira

Endereço: Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa

Temporada: 12/ 01 a 11/02 (de quinta a sábado)

Horário: das 10h às 17h

Entrada: gratuita, pede-se apenas 1 kilo de alimento não perecível.

Share post:

Subscribe

spot_imgspot_img

Popular

More like this
Related

Estrela da Marvel, Simu Liu, exibe abdômen trincado em evento de moda

Simu Liu não tem receio algum de exibir seu abdomem...

Caldas Country Festival 2023 abre pré-venda de ingressos com preço especial!

Público já pode garantir o acesso à 16ª edição...

Famílias e empresas pagaram juros mais altos em 2022, diz BC

As famílias e as empresas pagaram taxas de juros...

Polícia Federal deflagra terceira fase da Operação Lesa Pátria

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (27) a terceira...