spot_img
sábado, janeiro 28, 2023

Canecão irá novamente a leilão em fevereiro

Date:

Novo edital mantém o valor mínimo de outorga, de R$ 625 mil

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) republicou, hoje (5), o edital para a concessão do equipamento cultural multiuso no campus Praia Vermelha que será construído no local onde ficava a icônica casa de shows Canecão. A primeira tentativa de leilão, no mês passado, não aconteceu por falta de candidatos.

O novo edital mantém o valor mínimo de outorga, de R$ 625 mil, mas traz novidades, segundo a universidade, para diminuir restrições à entrada de potenciais licitantes. Tanto a etapa de entrega de propostas quanto a abertura dos envelopes e fase de lances ocorrerão no dia 2 de fevereiro.

Entre as modificações está a redução do valor de comprovação do patrimônio líquido para licitantes individuais de 10% para 5% do valor do contrato, disposto em R$ 181,3 milhões – o mesmo valor referenciado no primeiro edital. No caso de consórcio, esse valor será acrescido em 10%, sendo permitido o somatório dos patrimônios líquidos das consorciadas, sem que seja considerada a participação proporcional.

Outra mudança é a redução do valor mínimo do capital social da futura concessionária de R$ 40 milhões para R$ 20,5 milhões. Com isso, a quantia do capital social que deverá ser integralizada antes da assinatura do contrato de concessão foi reduzida de R$ 25 milhões para R$ 15 milhões. O edital completo está disponível no site da UFRJ.

Para ser elegível à concorrência, a empresa precisa comprovar que tem experiência ou conta com um parceiro que já administrou espaços multiuso com capacidade para, pelo menos, 1.000 pessoas.

Regras

O período de concessão do chamado novo Canecão é de 30 anos. A empresa vencedora precisará fazer intervenções que chegam a R$ 137,7 milhões em todo o projeto, sendo R$ 53,7 milhões nas instalações acadêmicas e R$ 84 milhões na parte cultural.

Além de investir em equipamentos culturais, quem vencer terá que dar contrapartidas para a UFRJ, como construir um restaurante universitário no campus Praia Vermelha com capacidade para fornecer 2 mil refeições por dia, além de dois prédios acadêmicos no mesmo campus. Isso possibilitará que o Palácio Universitário concentre atividades de pesquisa e extensão das unidades ali atuantes.

O projeto conceitual prevê que o novo Canecão será em formato multiuso. Mas há a exigência de que a empresa selecionada ofereça pelo menos 3 mil lugares no módulo show, com público em pé, ou 1,5 mil lugares sentados. O uso do nome Canecão não é obrigatório, já que o espaço pode ser batizado com a marca de um patrocinador.

Também será construído o Espaço Ziraldo, que poderá receber exposições e apresentações. Ele abrigará o mural produzido pelo artista para o antigo Canecão. Com 32 x 6 metros, a obra, inspirada nos traços de Picasso e Portinari, será restaurada pela universidade. A UFRJ terá direito a uso de 270 dias por ano do Espaço Ziraldo e a 50 dias por ano do espaço cultural multiuso.

Fechado desde 2010, o Canecão foi uma tradicional casa de espetáculos localizada em Botafogo, onde se apresentaram importantes artistas nacionais e internacionais. Em 2019, a universidade conseguiu o destombamento do espaço, o que permitirá a revitalização da área e construção de um novo espaço de cultura no local.

Fonte/ Ag Brasil

Share post:

Subscribe

spot_imgspot_img

Popular

More like this
Related

Estrela da Marvel, Simu Liu, exibe abdômen trincado em evento de moda

Simu Liu não tem receio algum de exibir seu abdomem...

Caldas Country Festival 2023 abre pré-venda de ingressos com preço especial!

Público já pode garantir o acesso à 16ª edição...

Famílias e empresas pagaram juros mais altos em 2022, diz BC

As famílias e as empresas pagaram taxas de juros...

Polícia Federal deflagra terceira fase da Operação Lesa Pátria

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (27) a terceira...