Pelo uso do sutiã correto

O movimento “Free The Nipple (Liberte o mamilo, em português)” ganhou força nas redes em 2014 e continua repercutindo no espaço virtual. A discussão conseguiu adeptas, como Miley Cirus e Cara Delevingne,  que alegam, entre outras coisas, não se sentirem confortáveis ao usarem a peça ou ainda que abdicaram dela para integrar a luta pela equidade de gênero. Mas, dores nas costas e incômodo não devem ser decisivos para abandonar o acessório. Afinal, quando isso ocorre, é sinal de que a numeração e o modelo podem não estar adequados.

“Percebemos que muitas mulheres escolhem a lingerie apenas pela questão estética e  esse não é o único aspecto que deve ser levado em consideração na hora da compra”, afirma Juliana Moraes, diretora do grupo Água Fresca Lingerie. “Ser proporcional não é comum. As mulheres nem sempre se atentam que possuem diferentes formatos e tamanhos de seios, nem sempre proporcionais às medidas das costas (contorno do tórax)”, explica Juliana. Somadas as medidas de seios e costas, as possibilidades são muitas e há grande dificuldade em encontrar o sutiã ideal. Por isso, muitas se sentem incomodadas quando usam a peça.

A empresária explica que é fundamental que a peça se ajuste ao corpo. “Existem erros que percebo com freqüência e que podem acabar desencadeando problemas de saúde. Como é o caso de algumas mulheres com seios maiores, que insistem em usar peças apertadas, tencionando, costas e os ombros”, conta a diretora.

O sutiã tem que oferecer conforto para a mulher, não pode ficar muito justo e nem apertado.  Mas, então, como escolher o sutiã ideal? Juliana explica ser preciso um auxílio especializado. A Água Fresca Lingerie oferece uma consultoria gratuita para ajudar aquelas que querem evitar problemas e o desconforto diário. Durante a consultoria, são tiradas as medidas dos seios e costas e apresentados os modelos que melhor se adéquam ao corpo da cliente. Durante a análise, a consultora leva em conta se o bojo está bem ajustado, assim como as alças e os aros de sustentação.

 

Sobre a Água Fresca Lingerie

Fundada em 1988 pela empresária Juliana Moraes, a Água Fresca Lingerie está presente em todo o país através da plataforma online da marca: www.aguafrescalingerie.com.br e em cinco lojas nos principais shoppings de Belo Horizonte/MG. Além da marca própria, que conta com dois lançamentos anuais, a AFL também revende grandes marcais nacionais e internacionais. O grupo também é responsável pela franquia da Valisere na capital mineira.

(Visited 6 times, 1 visits today)

Comentários no Facebook

Anuncie Aqui! Dê Mais Visibilidade ao Seu Negócio CLIQUE AQUI E ENTRE EM CONTATO