Grupo Tutti toca no Triboz Cross Over Jazz e Música Clássica 24 de setembro

O Grupo Tutti sobe ao palco do Triboz, dia 24 de setembro, sábado, às 21h, para apresentar o crossover entre o jazz e a música erudita. A linguagem do improviso aliada à excelência artística dos músicos – Ana Azevedo (piano), Andre Tandeta (bateria), Daniel Garcia (sax) e Lipe Portinho (contrabaixo) cria um som mágico que encanta o público e a crítica como o diretor do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e compositor erudito, João Guilherme Ripper: “Os arranjos, de muito bom gosto, ampliam os temas originais e destacam aspectos inauditos. O grupo Tutti transita com grande competência e força expressiva entre a música clássica e o jazz, naquele campo lúdico, propício às experimentações, que se convencionou chamar de “crossover “.

Na apresentação do Tutti “prevalece a boa música sem preconceitos”, como define o contrabaixista Lipe Portinho. No repertório, constam “Solfeggietto”, de C.P.E Bach, “Prelúdio”, de Scriabin, “Siciliano” de J.S. Bach, “Pavane”, de Fauré, além de composições próprias como “Peixe Vivo- Missa para 100 Anos de Juscelino Kubitscheck” e Isso não é Bach”, de Lipe Portinho.

https://www.youtube.com/watch?v=7kgFG2iGPBo

O cross-over tem admiradores no mundo todo de ambos os lados. O diálogo erudito/jazzístico surge em Leonard Bernstein (“West Side Story”), Andre Previn, George Gershwin e mesmo Stravinsky com seu “Ebony Concert” tanto como com Winton e Brandford Marsalis, Chick Corea e Keith Jarret, entre outros. 

Ana Azevedo – piano

Começou a estudar aos seis anos de idade e aos dezoito anos foi para o Montgomery College, em Washington D.C., onde estreou profissionalmente no musical Evita e na Motgomery College Big Band. De volta ao Brasil, tocou com a Rio Jazz Orchestra e com Robertinho Silva, Adriano Giffoni, Bruce Henry, Ronaldo Diamante, Daniel Garcia, o grupo Azymuth, Barrosinho e Roberto Menescal. Além disso, em 1999 produziu e gravou o CD de sua banda, Solari Jazz, que foi muito bem recebido pela crítica. Em 2001 se apresentou no Festival de Búzios com Stanley Jordan. Em 2002 tocou e fez a direção musical do espetáculo Ana in Concert, com a bailarina Ana Botafogo e em 2004 tocou no DVD Bibi canta Piaf com a cantora Bibi Ferreira e com a Orquestra Petrobrás Sinfônica. Desde 2004 dirige e faz arranjos para o Coro de Cor, um coral feminino. Gravou em 2009 o primeiro CD de seu quarteto Tutti, e em 2010 também o seu primeiro CD solo, A Tempo, lançado quando Ana completou 20 anos de carreira. Esteve na curadoria da Sala Municipal Baden Powell de 2009 a 2011, na qual promoveu 419 shows, e atualmente acaba de lançar um Cd inteiramente dedicado à Obra de Astor Piazzolla com seu grupo Corda.

 

 

 Daniel Garcia – saxofone

Músico atuante na musica brasileira, ganhou destaque nas primeiras edições do Free Jazz Festival. Esteve ao lado de nomes como César Camargo Mariano e Luís Eça e com artistas internacionais acompanhando Stevie Wonder e Michel Legrand. Como convidado da Orquestra Sinfônica Brasileira tocou como solista ao lado de Arturo Sandoval, quando de sua vinda ao Brasil. Participou de várias edições do Free Jazz Festival como na vez com Stevie Wonder e Vítor Santos Orquestra, entre outras. No mercado de gravações e shows tocou com renomados artistas da MPB tais como: Gonzaguinha, Marcos Valle, Johnny Alf, Maria Bethânia, Alcione, Elba Ramalho, Nana Caymmi, Beth Carvalho, Virginia Rodrigues, Ithamara Koorax, Ana Carolina, Alceu Valença, Cida Moreira, Roberto Carlos, Martinho da Vila, Hebe Camargo, Ed Motta, Titãs etc. Em 2004 lançou o CD solo Caminho.

Lipe Portinho – contrabaixo 

Começou seus estudos aos 10 anos de idade, tendo sido aluno do violonista Leo Soares e dos contrabaixistas Omar Cavalheiro e Sandrino Santoro. Também foi aluno de regência do Maestro Roberto Tibiriçá. Graduado em contrabaixo pela UFRJ. Tocou 10 anos no naipe da Orquestra Petrobrás Sinfônica e tocou com nomes como: Paulo Sergio Santos, Henrique Cazes, Tim Rescala, entre muitos outros. Como arranjador é especialista em grandes orquestras e já escreveu e dirigiu para Ana Botafogo, Abertura da Árvore de Natal da Lagoa, Prêmio O Globo “Faz Diferença”, Renato Aragão, Orquestra Petrobrás Sinfônica, Orquestra Sinfônica Brasileira, Camerata Gama Filho, Camerata Santa Teresa, Abertura da Missa de 100 de JK, etc. Foi Diretor Artístico da Sala Baden Powell de 2009 a 2011.

André Tandeta – bateria 

Andre Tandeta começou a tocar bateria aos 11 anos de idade e é musico profissional ha 35 anos . Nesse tempo tocou em shows, casas noturnas, gravações de discos, trilhas sonoras para cinema, teatro e televisão e também atuou como professor de bateria por mais de 25 anos. É Bacharel em Musica Popular Brasileira pela UNIRIO.

ROTEIRO 

Local: TribOz – Rua Conde de Lages, 19 

Data: 24 de setembro 2016 (sábado)

Apresentação: 21h à 1h

Couvert artístico: R$ 30,00

Reservas: abertas a partir de 23/setembro, pelos fones (21) 2210 0366 / 99291 5942 

(veja mapa no www.triboz-rio.com em “contato”).

Créditos: Lenke Pentagna / Assessoria 

(Visited 17 times, 1 visits today)

Comentários no Facebook

Anuncie Aqui! Dê Mais Visibilidade ao Seu Negócio CLIQUE AQUI E ENTRE EM CONTATO