Doenças do aedes aegypti podem ser combatidas e tratadas com homeopatia

Anos se passaram e ao invés de abolirmos a Dengue, ela evoluiu. Agora temos que lidar com outros dois vilões: o Zika Vírus e a Chikungunya, doenças que também são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. No Brasil, quase um milhão de pessoas já foram infectadas, segundo dados do Ministério da Saúde. E a previsão é que até o final desse ano mais 500 mil brasileiros sejam acometidos pela tríplice epidemia do vírus. Os principais sintomas são febre, hipersensibilidade ocular com vermelhidão, dores no corpo, manchas e pintas vermelhas. Porém, o fator que vem chamando atenção não é só a conexão do Zika com o aumento da microcefalia, que já registra 1.198 casos, mas também com a inflação intraocular em adultos, causando um tipo de conjuntivite mais grave.

Os números são assustadores. A Dengue já afetou 802.429 pessoas com 149 mortes. Logo atrás vem o Zika Vírus com 91.387 casos. A Chikungunya assume o terceiro lugar com 7.412 infectados. O combate a esse tão temido mosquito precisa entrar o quanto antes na rotina diária dos brasileiros. De acordo com Eliete M. M. Fagundes, terapeuta homeopata e coordenadora do curso de Formação em Ciência da Homeopatia do Instituto Tecnológico Hahnemann, a melhor forma de combater os agentes externos é a prevenção. “Devemos sempre estar fortalecidos para nos tornarmos imunes a qualquer tipo de agressão do ambiente, principalmente vírus, bactérias, parasitas. etc. Quando estamos fortes, nosso sistema de ‘autocura’ consegue repelir qualquer invasor, porque não acontecerá o fenômeno da ressonância, em que a frequência do agressor entra em sintonia energética do hospedeiro”, explica. Para tanto, a especialista lista fórmulas naturais que podem ser eficientes no combate ao Zika Vírus, indicado principalmente para gestantes, já que elas são alvos de maior preocupação nesse sentido.

Confira as dicas: tomar a fórmula homeopática Sulphur CH5 (2 gotas em gole de água – 2 vezes ao dia durante 30 dias em adultos e 15 dias em crianças e grávidas), que ajudará a aumentar a imunidade, o que prevenirá a contaminação. Após, no segundo mês, tomar Calcarea Sulphurica CH5 (2 gotas em um gole de água – 2 vezes ao dia por 30 dias em adultos e 15 dias em crianças e grávidas).

Curso de Homeopatia
Todos podem aprender e utilizar a homeopatia e para estuda-la, o Instituto Tecnológico Hahnemann, referência nacional nessa área há mais de 25 anos, realiza o curso tradicional de Formação em Ciência da Homeopatia. As aulas buscam o esclarecimento sobre o assunto e a capacitação de profissionais de todas as áreas do conhecimento. Dividido em três formatos (Profissionalizante, Extensão e Especialização Lato sensu), as aulas acontecem em um fim de semana (sábado ou domingo) por mês, de 8h às 18h. Para cada modalidade, matrícula e mensalidade variam dependendo da escolha, assim como a carga horária.

Nas opções, o aluno receberá certificado que é aceito pelos órgãos governamentais e particulares para fins de registro e expedição de alvará de Terapeuta Homeopata. As aulas são realizadas em várias cidades do País, como Rio de Janeiro (Avenida Pasteur, 250 – Urca); São Paulo (Avenida Jabaquara, 1.870 – Saúde) e Brasília (SGAS 915m lote 74B – Asa Sul). Mais informações no www.homeopatias.com ou pelo 3003-6777 (custo de ligação local em qualquer cidade brasileira). Lembrando que a Vigilância Sanitária / ANVISA normatiza nacionalmente os receituários das farmácias homeopáticas e as indicações homeopáticas dos Terapeutas Homeopatas, desde que devidamente legalizados, são aceitas para manipulação.

 

(Visited 8 times, 1 visits today)

Comentários no Facebook

Anuncie Aqui! Dê Mais Visibilidade ao Seu Negócio CLIQUE AQUI E ENTRE EM CONTATO