Cissa Guimarães lamenta sentença dos réus no atropelamento do filho

A atriz e apresentadora Cissa Guimarães usou uma rede social para desabafar sobre a sentença do caso de atropelamento do filho, Rafael Mascarenhas em 2010. Cissa contou que se sentiu injustiçada após os réus Rafael de Souza Bussamra e o pai Roberto Bussamara, juntos envolvidos no caso terem sido condenados a serviços comunitários.

Cissa disse: “Saio do julgamento do processo do meu filho Rafael Mascarenhas com o peso da sentença: três anos e alguns meses de serviço comunitário por homicídio para o atropelador/assassino do meu filho. Ficarão livres prestando serviços comunitários”, disse ela.

“Fico pensando que depois de terem feito isto, que serviços comunitários perigosos essas pessoas prestarão à nossa sociedade? Medo. Tristeza. Injustiça. Agradeço com o que restou do meu coração à todas às manifestações de apoio, carinho e respeito que eu e minha família sempre recebemos nestes seis anos sem nosso Rafa. Como diz Guimarães Rosa, ‘viver é muito perigoso’. Muita luz para nós! Salve, Rafael”, completou.

Lembrando:

Em 2010, Rafael foi atropelado no Túnel Acústico, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro, enquanto andava de skate com amigos. O TÚNEL  estava fechada ao trânsito, mas foi invadida por motoristas que praticavam PEGAS.

Cissa Guimarães (Foto: Instagram / Reprodução)
Cissa Guimarães (Foto: Instagram / Reprodução)
(Visited 2 times, 1 visits today)

Comentários no Facebook

Anuncie Aqui! Dê Mais Visibilidade ao Seu Negócio CLIQUE AQUI E ENTRE EM CONTATO