Anticoncepcionais podem desenvolver câncer de mama nas fêmeas

Poder público e sociedade civil têm se mobilizado em torno da campanha de prevenção contra o câncer de mama, que acontece durante todo o mês de outubro. Entretanto, a doença também merece atenção no cuidado com os animais. Nesse caso, a desinformação em relação aos métodos contraceptivos pode sentenciar o bicho de estimação à morte.

Alguns proprietários que querem controlar a ciclo reprodutivo de sua cadela, ou gata, optam pelos anticoncepcionais, comprados facilmente em pet shops sem receita. Porém, a composição química do medicamento é altamente nociva:

“Em primeiro lugar, não tem a função de um anticoncepcional. É um remédio que estimula a ovulação, que resulta no aborto. Na verdade, é uma bomba de hormônios sexuais, que alteram as glândulas mamárias e aumentam o número de células que podem se tornar cancerígenas no futuro.”, explica Virgínia Tavares, veterinária e anestesiologista do Hospital Popular Veterinário, em Padre Miguel-RJ.

A especialista garante que a incidência de câncer de mama entre os bichos que receberam o anticoncepcional é bem maior em comparação aos que não foram submetidos a esse tratamento.

A castração é o método contraceptivo mais eficaz. Além dos procedimentos corretos para a cirurgia — exames clínicos, anestesia correta e providências no pós-operatório — o proprietário deve cuidar para que a fêmea seja castrada antes do primeiro cio:

“Acredita-se que, se o animal foi tratado dessa maneira, o risco de desenvolver câncer é reduzido em 95%.”, ressalta Virgínia.

Créditos: Isecom – Assessoria de Imprensa

(Visited 24 times, 1 visits today)

Comentários no Facebook

Anuncie Aqui! Dê Mais Visibilidade ao Seu Negócio CLIQUE AQUI E ENTRE EM CONTATO